Má conservação de deque no Aterro coloca vida de frequentadores em risco

Publicado em 11/10/2017 por O Globo

Buracos no deque no Aterro do Flamengo: perigo - Brenno Carvalho / Agência O Globo

Dedicado ao lazer e à prática de esportes no Aterro do Flamengo, o deque - próximo ao antigo restaurante Rio's - virou uma armadilha para os frequentadores. Em outubro de 2016, a prefeitura iniciou uma reforma, mas, atualmente, é possível ver buracos na madeira que põem em risco a vida de quem frequenta o lugar.

Moradores se queixam do abandono do deque e dizem que as obras foram paralisadas.

- É uma tragédia anunciada. Já vimos pessoas e animais caindo, se machucando e ficando presos nesses buracos. As madeiras estão nitidamente malconservadas - diz a publicitária Ana Paula Fontes, que faz caminhadas diárias no local.

Para disfarçar, são feitos consertos improvisados com madeiras de qualidade duvidosa e que não resolvem a situação.

- O parque está completamente largado. Nem um isolamento decente da área nós temos. As pessoas vêm aqui para relaxar e não sabem o risco que podem estar correndo - reclama o contador Roberto Costa.

Segundo a Secretaria de Conservação e Meio Ambiente (Seconserma), os trabalhos foram interrompidos por causa de um problema burocrático no contrato de execução dos serviços em novembro de 2016. Ainda de acordo com o órgão, o contrato será retomado no final deste mês, e os reparos necessários serão executados. A Seconserma disse ainda que vai isolar a área para evitar possíveis acidentes.

SIGA O GLOBO-BAIRROS NO TWITTER (OGlobo_Bairros)