Operação afasta vice-prefeito e servidores de Vera Cruz por fraude no SUS

Publicado em 05/12/2017 por Jornal do Comércio - RS

Uma operação do Ministério Público afastou na manhã desta terça-feira (5) o vice-prefeito de Vera Cruz, Alcindo Francisco Iser, além de vereadores e secretários do município (veja de nomes lista abaixo) por fraude no Sistema Único de Saúde (SUS). As ordens judiciais para as suspensões na Operação Fura-Fila foram realizadas pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) com o apoio da Polícia Civil e Brigada Militar. 
De acordo com as investigações, os afastados promoveram um "fura-fila" nos atendimentos da saúde no município gaúcho, com objetivo de tirar proveito político e pessoal. Eles cadastravam como "prioritários" nos sistemas de regulação de consultas e procedimentos pacientes que eram apadrinhados políticos.
Além disso, os apadrinhados também recebiam cascalho, terra, brita e areia do município, além de serviço de horas máquina da prefeitura sem a devida contraprestação do beneficiário.
Confira os nomes dos afastados na Operação Fura-Fila:
  • Vice-prefeito de Vera Cruz, Alcindo Francisco Iser
  • Secretária Municipal da Saúde, Eliana Maria Gihel
  • Secretário de Desenvolvimento Rural e Meio Ambiente, Martin Fernando Nyland,
  • Vereador Eduardo Wanilson Martins Viana
  • Vereador Marcelo Rodrigues Carvalho
  • Assessor Parlamentar da Câmara de Vereadores, Gelson Fernandes Moura
  • Assessor Parlamentar da Câmara de Vereadores, Guilherme Matheus Oziemblovski
  • Assessor Parlamentar da Câmara de Vereadores, Anselmo Eli Ferreira Júnior,
  • Assessora da Secretaria Municipal de Saúde, Adriane Mueller
  • Assessora da diretora-geral da Câmara de Vereadores, Ilse Miguelina Borges Riss