População se prepara para ficar 72h sem água nas torneiras

Publicado em 05/12/2017 por O Estado do Maranhão

Morador de bairro carrega caixa para armazenar água durante desabastecimento

SÃO LUÍS - Moradores de bairros de São Luís que são abastecidos pelo Italuís já começam a se preparar para amenizar os transtornos que serão causados pelas 72h sem água devido a interligação da nova adutora ao sistema antigo.

Muitos populares já estão estocando água em tanques, caixas d'água, baldes e garrafas. Vendedores de água estão otimistas, pois a previsão é que as vendas aumentem nas próximas horasar. A falta de água está marcada para começar a partir das 6h de amanhã, 6, e segue até às 6h do sábado, 9, em 159 bairros da Ilha, afetando cerca de 600 mil pessoas.

De acordo com a Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema), a interrupção no abastecimento é necessária para a interligação da nova adutora. Ainda segundo o órgão, a obra vem sendo realizada desde 2012, porém, foi interrompida por um tempo, sendo retomada na atual gestão. Já em fase de conclusão, os serviços no sistema precisaram passar por diversas adequações para corrigir erros de projeto, quando da própria concepção.

A estudante Thaysa Monária, de 21 anos, que reside com a família em uma casa na Liberdade, em São Luís, contou que já está armazenando água. "Começei enchendo a caixa d'água que temos aqui, o tanque e um balde na cozinha. Agora é economizar água. Já temos problemas sérios com a falta de água e vai piorar. Não temos nem torneiras em casa porque a água não sobe. Quando chega, a vizinha liga a bomba e colocamos a mangueira para encher os reservatórios", explicou.

Morador da Ilhinha, o aposentado Antônio Castelo Costa, de 67 anos, foi com a esposa buscar água na casa da irmã para estocar em casa. "Tenho 12 baldes e todos já estão cheios. Sem água não conseguimos viver. Espero que essa obra nos traga algum benefício. Já nem sabemos a quem recorrer", disse, indignado.

Se para uns a falta de água vai causar muitos transtornos, para outros proporcionará lucro, como é o caso vendedor de água Jackson Lima, de 30 anos. Ele explica que as vendas vão aumentar. "Com quatro dias sem água, tenho certeza que a procura aqui vai aumentar muito. Eu já percebi que muita gente está comprando água porque quase sempre não tem nas torneiras, imagina agora com essa obra? Antes eu ia à fonte uma vez buscar garrafões, mas agora vou fazer mais de uma viagem", disse Lima.

Mais

Fique pode dentro

Saiba quais são os bairros atingidos pela interrupção de água durante 72h:

Zona 01:

Centro; São Pantaleão; Madre Deus; Goiabal; Codozinho; Vila Bessa; Belira; Lira; Parte da Areinha; Macaúba; Apicum; Camboa; Vila Bangu; Diamante; Vila Passos; Coréia de Baixo; Coréia de Cima; Sítio do Meio; Alto da Boa Vista; Retiro Natal; Liberdade; Tomé de Sousa; Fé em Deus; Floresta; Retiro Natal e Monte Castelo.

Zona 02:

Apeadouro; Irmãos Coragem; Bairro de Fátima; Bom Milagre; Parque Amazonas; Alemanha; Caratatiua; Vila Ivar Saldanha; Alto da Vitória; João Paulo; Jordoa; Vila Palmeira; Barreto; Túnel do Sacavém; Santa Cruz; Vera Cruz; Cutrim; Radional; Coroado; Parque Pindorama; Parque do Nobres; Redenção; Barés; Filipinho; Sítio Leal; Sacavém; Coheb do Sacavém; Santo Antônio; Vila Conceição; Bom Jesus; Vila dos Frades; Parque Timbira; Alto do Parque Timbira; Primavera; Sítio do Pica Pau Amarelo; Coroadinho.

Zona 04:

São Cristóvão; Tirirical; Solar das Mangueiras; Parque Universitário; João de Deus; Sítio Pirapora; Vila Itamar; Parque Jaguarema; Parque Sielândia; Residencial Canaã; Alameda dos Sonhos; Vila Lobão; Parque Roseana Sarney; Santo Antônio; São Bernardo; Vila Brasil; Cohapan; Jardim São Cristóvão; Residencial João Alberto; Parque Sabiá.

Zona 05:

Alto do Calhau; Calhau; Cohafuma; Conjunto Basa; Ilhinha, Jaracaty; Jardim São Francisco; Loteamento Boa Vista; Loteamento Jaracaty; La ravardiere; Ponta D'Areia; Ponta do Farol; Residencial Novo Tempo; Recanto dos Nobres; Renascença I e II; Residencial Ana Jansen; São Marcos; São Francisco; Vila Conceição I e II; Av. Litorânea; Angelim Velho; Bequimão; Cohajoly; Cohama; Condomínio Villagio Esperança; Conjunto Angelim; Residencial Marfim; Conjunto Boa Morada; Conjunto Vinhais; Eco Villagio; Maranhão Novo; Parte do Primavera; Turu; Planalto Cohaserma; Planalto Vinhais I e II; Recanto Vinhais; Residencial Jaqueira; Residencial Vinhais II e III; Rio Anil; Vila Fialho; Villagio do Angelim; Vivendas da Cohama; Vinhais Velho; Olho D'água, Parte do Habitacional Turu.

Zona 06:

Jambeiro; Porto da Vovó; Sá Viana Novo; Sá Viana Velho; UFMA; Vila Bacanga; Vila Dom Luís; Vila Isabel; Vila Cerâmica; Vila Primavera; Vila Embratel; Vila Nova; Bonfim; Vila Verde; Fumacê; Anjo da Guarda; São Raimundo; Alto da Vitória; Gancharia; Vila São Luís; Vila Ariri; Vila Mauro Fecury I e II; Conjunto Taguatur.

Fonte: Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema)

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.