Alta em salário na Indonésia pressiona produção de óleo de palma, diz Fitch

Publicado em 24/01/2019 por Terra

Kuala Lumpur, 23 - Os produtores de óleo de palma da Indonésia têm seus lucros cada vez mais pressionados pelo aumento constante do salário mínimo, considera a consultoria Fitch Solutions. No país, o rendimento mínimo subiu em média 10% ao ano, nos últimos quatro anos.
"O aumento dos salários contribuiu grandemente para o declínio constante das margens de lucro no setor", observa a Fitch.
A consultoria ressalta, ainda, que a situação torna-se ainda mais crítica por ser um setor de baixa mecanização. Segundo a Fitch, custos com trabalhadores e escassez de mão-de-obra estão entre os principais riscos para o negócio citados pelos produtores. Fonte: Dow Jones Newswires