CNA leva representantes de 9 países para conhecer a produção agropecuária no Rio Grande do Sul

Publicado em 28/03/2019 por Notícias Agrícolas

Representantes das embaixadas da Austrália, Burkina Faso, Chile, China, Egito, França, Irã, Japão e Singapura vão visitar produtores de gado de corte, arroz e vinho
A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil promove no Rio Grande do Sul, a partir de segunda (1º), a 5ª edição do Programa de Intercâmbio AgroBrazil.
Um grupo de representantes de embaixadas de nove países irá conhecer a produção agropecuária do Estado, como as culturas de arroz, grãos, uva e a pecuária de corte.
O programa faz parte de uma ação da Superintendência de Relações Internacionais da CNA que busca aproximar representantes de delegações estrangeiras no Brasil da realidade da produção agropecuária brasileira.
Nesta edição, os representantes da Austrália, Burkina Faso, Chile, China, Egito, França, Irã, Japão e Singapura visitarão a Federação da Agricultura do Estado do Rio Grande do Sul (Farsul), a empresa Camil Alimentos e duas propriedades rurais, a Estância Santa Maria, no município de Bagé, e a Estância Guatambu, localizada em Dom Pedrito.
O diretor de Relações Internacionais da CNA e presidente da Farsul, Gedeão Pereira, disse que as expectativas são altas para a chegada da comitiva no Estado. “Aguardamos os adidos agrícolas e os representantes das embaixadas para conhecerem o potencial do agronegócio gaúcho e verificarem a nossa representatividade para o mundo”.
A superintendente de Relações Internacionais da CNA, Lígia Dutra, acompanhará a missão.
“O Rio Grande do Sul possui a quarta maior economia do Brasil e tem larga tradição na produção agropecuária. Durante a missão, apresentaremos produtos do agronegócio que ainda não havíamos visto em outras edições, como o arroz. Para os produtos que já vimos em outras regiões, como a pecuária de corte e a produção de uva, será uma oportunidade de analisar a diferença na produção de um mesmo produto em diferentes estados”.
A CNA iniciou o programa AgroBrazil em 2017. Desde então já levou representantes de 20 delegações estrangeiras para conhecerem o processo produtivo de 17 produtos do agro brasileiro em várias regiões do país.