Colégio Costa e Silva promove a ExpoCepacs em Mariópolis

Publicado em 12/07/2018 por Diário do Sudoeste

Todas as turmas do colégio foram envolvidas com, no mínimo, um projeto na exposição (Foto: Divulgação)

Buscando despertar nos alunos o gosto pela pesquisa, produção e valorização do conhecimento científico, bem como a exposição deste conhecimento, por meio de apresentação dos projetos à comunidade, o Colégio Estadual Presidente Arthur da Costa e Silva (Cepacs), no município de Mariópolis, realizou na terça (10) e quarta-feira (11), a primeira edição da ExpoCepacs.

O evento, realizado na própria estrutura da instituição de ensino, apresentou trabalhos que envolveram as várias áreas do conhecimento, desde a literatura, até a matemática, ciência, história, geografia, entre outras. “Também, houve projetos voltados à saúde e bem estar, recreação e cultura geral. Foi uma oportunidade ímpar para alunos e professores realizarem trabalhos de forma interdisciplinar, dando sentido ao conhecimento”, avaliou o diretor do Cepacs, Ivandro Garcia Leite.

Além dos trabalhos dos alunos, na abertura do evento, na noite de terça, o público pode conferir apresentações de dança e declamações, pelo CTG Carreteando a Saudade, de Pato Branco. A exposição teve, ainda, projetos na área musical, lendas brasileiras e literatura de Cordel.

Trabalhos

Com 60 anos de história, o Cepacs atende 551 alunos, distribuídos entre o Ensino Fundamental; Ensino Médio; e Projetos Especiais, como Reforço Escolar, Centro de Língua Estrangeira na área de Espanhol, Sala de Recurso Multifuncional e Projeto de Esportes na área de Voleibol.

Leite conta que todas as turmas do colégio foram envolvidas com, no mínimo, um projeto na exposição. “Para a apresentação dos trabalhos — que foram previamente inscritos e orientados pelos professores —, somente os alunos matriculados no Cepacs participaram. Porém, toda a comunidade foi convidada a visitar a exposição, com entrada franca”.

O diretor da escola destaca que a feira foi muito importante, no sentido de fomentar o processo de pesquisa e produção do conhecimento, baseado na Proposta Curricular do colégio. “Sabemos que o conhecimento elaborado historicamente só ganha sentido se for vivenciado e reelaborado pelo aluno. Neste sentido, a ExpoCepacs acontece como um grande laboratório de conceitos, ideias e até de propostas de mudança de hábitos para o dia a dia da comunidade”.

Ele, ainda, acrescenta: “O evento foi um sucesso, não só porque a comunidade nos prestigiou, mas porque foi um espaço onde a cultura e o conhecimento foram os elementos principais para sua realização. O fato de ver alunos curiosos, com os olhos brilhando, esforçando-se para apresentar o seu conteúdo da melhor forma foi um presente para todos os educadores e pais”, comemorou.

Leite também aproveita para agradecer aos visitantes, que prestigiaram o evento. “Agradecemos também aos professores e funcionários, que se dedicaram a este trabalho; e aos alunos que apresentaram os trabalhos. Com certeza esta experiência ficará marcada em sua vida dos estudantes”.