Conab reduz previsão de exportação de milho do país; vê embarques recordes de soja

Publicado em 08/11/2018 por Portal R7

Conab reduz previsão de exportação de milho do país; vê embarques recordes de soja

SÃO PAULO (Reuters) - O Brasil deverá exportar menos milho que o previsto este ano (2017/18) e registrar embarques recordes de soja na nova temporada (2018/19), apontou a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) nesta quinta-feira.

A agência estatal estimou as exportações de milho do Brasil em 23 milhões de toneladas em 2017/18, ante 25,5 milhões de toneladas na previsão do mês passado.

O país vem sendo o segundo exportador global de milho.

A queda ocorre diante dos maiores custos com frete, após a implantação da tabela, que elevou custos, conforme já destacaram exportadores. Além disso, a safra 2017/18 teve uma quebra acentuada.

No caso da soja, a Conab manteve a projeção de exportação para 2017/18 em um volume recorde de 76 milhões de toneladas, cerca de 8 milhões de toneladas acima da temporada anterior.

Ao mesmo tempo, a agência elevou a projeção de exportação para a nova temporada (2018/19) também para 76 milhões de toneladas, ante 75 milhões na projeção do mês passado.

O Brasil é o maior exportador global de soja.

(Por Roberto Samora)