Dois lados na defesa da Amazônia

Publicado em 28/06/2019 por A Crítica

Dois lados na defesa da Amazônia


sim_e_n_o_0757E297-7CF8-4800-A752-769BD66FCF2E.JPG
Não se sabe ainda se vai haver um encontro, ou mesmo um embate. Mas duas autoridades que atuam em frentes diametralmente opostas estarão em Parintins neste final de semana. O líder indígena Yanomami Davi Kopenawa é reconhecido mundialmente como um dos maiores defensores da Amazônia. Já Ricardo Salles, ministro do Meio Ambiente, também tem se destacado mundialmente, mas por defender ideias apontadas como ameaça à floresta brasileira.
Chegadas O xamã Davi Kopenawa chegou à ilha na terça-feira. Vai entrar na arena do Bumbódromo com o boi-bumbá Caprichoso. O ministro Ricardo Salles chega hoje ao estado do Acre, onde inicia sua agenda amazônica, e de onde segue, amanhã, para participar da abertura do 54º Festival Folclórico de Parintins.
Mimo Durante a reinauguração do Centro de Tempo Integral (Ceti) Gláucio Gonçalves, ontem, em Parintins, o governador Wilson Lima, aniversariante do dia, recebeu das mãos do prefeito Bi Garcia uma arte com a imagem dele e da primeira-dama do Estado, Taiana Lima. O quadro foi pintado pelo artista Freyzer Andrade, um dos grandes nomes da cultura parintinense.
Emoção Ainda durante a cerimônia, um aluno do 7º ano recitou um poema detalhando a trajetória de vida do governador. A homenagem emocionou a primeira-dama Taiana Lima, que não conteve as lágrimas.
Passou o bastão Ao perceber o sucesso que o deputado Saullo Vianna (PPS) fez em sua aparição na cerimônia de reinauguração do Ceti, o presidente da ALE-AM, Josué Neto (PSD), comentou: “Antigamente eu era o mais bonito da ALE, agora eu perdi o posto pro Saullo Vianna”.
Prefeiturável Saullo Vianna, aliás, surge em 4º lugar, empatado com Márcia Baranda (MDB), com 7,4% das intenções de voto, na pesquisa estimulada divulgada pelo Instituto Pontual sobre as eleições para prefeito de Parintins em 2020.
Ranking O atual prefeito Bi Garcia lidera a pesquisa com 26,4% das intenções de voto dos parintinenses, seguido de Nega Alencar com 16,2%, e em terceiro lugar, Jucelino Manso com 13,3%. Alexandre da Carbrás com 4,5% e Dodó Carvalho com 3,6% encerram a lista.
Baiás A exemplo do que fez o compositor Enéas Dias em suas redes sociais, os compositores João Kennedy e Marcos Moura, que formam o trio conhecido como Baiás, afirmaram ontem à coluna que nunca pensaram em recorrer à Justiça para impedir que suas composições fossem executadas na arena pelo boi-bumbá Garantido.
Codam Inevitável que viesse à baila, ontem, durante a 3ª reunião do Conselho de Desenvolvimento do Estado do Amazonas (Codam) este ano, a ausência, até o momento, de uma reunião de outro conselho importante, o de Administração da Suframa (CAS).
Esperança O presidente da Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (Fieam), Antonio Silva, está preocupado com o tempo que a reunião do CAS está levando para acontecer. Lembra que, pelo regimento, devem ocorrer seis reuniões por ano. E chega a duvidar da data anunciada: 12 de julho. “Precisamos que essa notícia se efetive”.