O essencial da manhã: Crivella é acusado pelo MP de usar máquina pública para favorecer igrejas evangélicas

Publicado em 12/07/2018 por O Globo

O prefeito da cidade do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella - Pablo Jacob / Agência O Globo

Olá, bom dia.

Além de recompor a base na Câmara dos Vereadores para barrar pedidos de impeachment, o prefeito do Rio, Marcelo Crivella (PRB), terá de se defender na Justiça. O Ministério Público do estado o acusa de improbidade administrativa por usar a máquina do município em favor dos interesses de integrantes de igrejas evangélicas.

Em ação civil pública, a 5ª Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva de Defesa da Cidadania cita nove pontos investigados em um ano. Um deles é a reunião secreta em que Crivella prometeu facilidades a líderes religiosos e que originou os pedidos de impedimento no Legislativo — que serão decididos por maioria simples.

Crivella tem, ainda, uma terceira frente de batalha. O Tribunal de Contas do Município discute, nesta quinta-feira, as contas do primeiro ano de gestão na prefeitura. O relator Nestor Rocha aponta rombo de R$ 1,6 bilhão e vê indícios de desrespeito à Lei de Responsabilidade Fiscal.

Pressionado por todos os lados, o prefeito do Rio recebeu apoio da Igreja Universal, da qual é bispo licenciado. Em seu site, a instituição saiu em defesa de Crivella.

Clínica de pai de subsecretário do Rio é suspeita de atender pacientes fora da fila de espera.

Pressão na conta de luz

A aprovação na Câmara dos Deputados para venda de distribuidoras da Eletrobras não vai sair de graça para os brasileiros. Penduricalhos inseridos no projeto de lei — entre eles, mudanças na tarifa social e repasse do custo de “gatos” — criam impacto de R$ 7,55 bilhões por ano, que vai chegar às tarifas de energia.

Congresso aprova texto-base do Orçamento de 2019 e derruba veto a reajuste de servidores.

Quatro horas após a Câmara, Senado aprova tabela de frete e anistia de multas a caminhoneiros.

malala marielle.png

O Rio de Malala

Vencedora do Prêmio Nobel da Paz, a paquistanesa Malala Yousafzai homenageou Marielle Franco em visita ao Rio. E mais: visitou um bistrô vegano em Botafogo, assistiu à semifinal da Copa em quiosque de Copacabana e arriscou chutes na areia.

Flávia Oliveira: mesmo com 21 anos, Malala parece uma ancestral desfiando sabedoria.

Anistia Internacional quer acompanhamento externo no caso Marielle Franco.

Deu enredo

O segredo da Croácia para vencer a Inglaterra foi dominar o meio-campo. A análise das estatísticas mostra como a seleção usou os lateraispara superar a organização dos ingleses e reverter o gol relâmpago.

Carlos Eduardo Mansur: símbolo croata, Luka Modric luta contra todos os limites.

Márvio dos Anjos: time da Croácia foi montado em nove meses.

Viu isso?

Cabecear a bola no futebol pode causar problemas de equilíbrio, diz estudo.

Móvel com referência a instrumento de tortura de escravos causa revolta.

Rio terá playlists de música com 1.800 artistas do estado.

Patrícia Kogut: Tatá Werneck vai estrelar programa na Globo escrito por Fernanda Young.

Número de mortos em confrontos na Nicarágua chega a 264.

Peças no tabuleiro

Pré-candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro pressiona para ter o apoio do PR, mas o líder do partido, Valdemar Costa Neto, acena para o PT e o blocão. Enquanto isso, a atração entre Ciro Gomes (PDT) e o PSB perdeu força, e Marina Silva (Rede) busca alternativas ao isolamento.

Bernardo Mello Franco: forçar a mão com Lula reforça discurso petista de complô.

Lydia Medeiros: PR deve se unir ao bloco comandado por DEM, dividido entre Geraldo Alckmin e Ciro Gomes.

TRE pede a presença de tropas federais nas eleições do Rio.

Gestor de saída

O diretor da Escola de Artes Visuais do Parque Lage, Fabio Szwarcwald, foi exonerado do cargo. O governo alegou “motivos administrativos”. Mas garantiu a realização da mostra “Queermuseum”, censurada em Porto Alegre e vetada no Museu de Arte do Rio por Crivella.

Tecnologia para o cérebro

Cientistas testam uma nova fronteira para tratar transtornos mentais: o uso da realidade virtual. Terapias baseadas nessa técnica já mostram potencial para amenizar fobias, como o medo de altura. Agora, especialistas conduzem testes para tratamento de outras desordens.

Anterior

Marina Silva cogita chapa puro-sangue ao Planalto

Próxima

O essencial da manhã: Crivella é acusado pelo MP de usar máquina pública para favorecer igrejas evangélicas

Newsletter

As principais notícias do dia no seu e-mail.

Já recebe a newsletter diária? Veja mais opções.

Digite as letras da imagem: Captcha

TROCAR IMAGEM

Quase pronto...

Acesse sua caixa de e-mail e confirme sua inscrição para começar a receber nossa newsletter.

Ocorreu um erro.
Tente novamente mais tarde.

Email inválido.

{{mensagemErro}}