Fiperj certifica produção de pescado

Publicado em 14/11/2017 por O Fluminense

Com o objetivo de promover e desenvolver a aquicultura no estado, a Fundação Instituto de Pesca do Rio de Janeiro (Fiperj), vinculada à Secretaria de Agricultura, em parceria com o Inmetro e o Sebrae, inicia trabalho para a implantação do Programa de Certificação do Pescado Brasileiro (PCPB). A iniciativa vai beneficiar principalmente os produtores de tilápia. O Médio Paraíba é o principal produtor, com 236 criadores, sendo 229 em viveiro escavado e sete em tanque-rede.

Até o momento, 10 produtores dos municípios de Valença, Barra do Piraí, Pinheiral, Piraí, Rio Claro e Quatis, a partir das visitas realizadas aos empreendimentos aquícolas, já foram selecionados para certificação.

"A certificação ajuda na melhoria da qualidade do pescado, na comercialização e no respeito às normas higiênico-sanitárias", disse o diretor de Pesquisa e Produção, Pedro Carvalho.

A Fiperj participou da Comissão de Estudo Especial de Aquicultura 192 ABNT para a elaboração das Normas Técnicas Brasileiras para Aquicultura. O setor contempla tilápias, moluscos bivalves e peixe redondo.