Forró Caju irá acontecer em seis dias

Publicado em 16/04/2018 por Jornal da Cidade - Sergipe

 

De volta ao calendário cultural e turístico sergipano, o Forró Caju irá acontecer, neste ano, nos dias 22 a 24 e 28 a 30 de junho. As datas festivas foram anunciadas pelo prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira (PCdoB), em coletiva de imprensa realizada na manhã desta segunda-feira, 16, no auditório do Centro Administrativo Prefeito Aloísio Campos, na sede da Prefeitura Municipal de Aracaju (PMA).


Foto: André Moreira

 

 

O evento continuará a ser realizado na praça entre os Mercados Municipais de Aracaju, no centro da cidade. As atrações deste ano ainda não foram divulgadas, mas o prefeito garantiu que cerca de 90% da programação está composta e já foi encaminhada para a aprovação do Ministério do Turismo. No total, são 130 atrações, dentre artistas de renome nacional e local. Durante a realização do evento, a PMA estima a participação de mais de 100 mil pessoas por dia.

 

 

"Serão dias suficientes para ariar a fivela e fazer uma grande festa. Estou muito feliz em trazer de volta a festa que tivemos a honra de tornar uma das maiores do país, junto a Marcelo Déda. A nossa maior festa está de volta. Ela meche com as raízes culturais, ajuda a fortalecer a identidade cultural nordestina e representa tudo que temos de bom: a nossa cultura. Esse período meche com o coração de todos. A alma do sergipano é a alma do forrÔ, destacou o prefeito Edvaldo.

 

 

O clima para a coletiva já era de muito forró. Isso porque o Trio Forrozão Bola de Ouro estava recepcionando os convidados ao som do autêntico forró nordestino. Além de divulgar as datas do Forró Caju, o prefeito fez ainda outros anúncios. Dentre eles, uma novidade para os bairros da capital. O 'Forró Caju nos Bairros' é um projeto pioneiro que vai levar aos bairros de Aracaju 54 atrações, no total, para que os moradores possam fazer o arraial nordestino no próprio bairro onde moram. A PMA ainda não divulgou quais serão os bairros contemplados com o projeto.

 

 

Edvaldo comunicou, também, que de 20 a 30 de junho será realizado na Praça General Valadão um grande arraial, com o autêntico forró e sugeriu que o palco seja chamado de Clemilda, em homenagem à artista que faleceu em Aracaju no ano de 2004.  

 

 

Durante a coletiva de imprensa o prefeito justificou que no ano de 2017 não foi possível a realização da festa devido à crise brasileira e as contas atrasadas que recebeu da gestão anterior. Edvaldo agradeceu ao deputado federal André Moura (PSC), que estava presente no evento, por conseguir, através do Ministério do Turismo, a verba orçada em cerca de 4 milhões para a realização desta edição do Forró Caju.

 

 

"O forró caju não é apenas uma festa e sim um evento que proporciona a valorização da cultura, turismo, oportuniza a geração de emprego e de renda. São gerados, aproximadamente, dois mil empregos diretos. Para mim é pouco, mas são os números que os estudiosos falam", frisou Edvaldo.

 

 

Atrações

 

 

Ainda de acordo com o prefeito, a planilha contendo os dias e os artistas já está finalizada. Porém, a PMA aguarda a aprovação do Ministério do Turismo para a divulgação da programação.

 

 

O prefeito assegurou que esta edição do Forró caju conta atrações equilibradas, com bandas de forró de grandes sucessos, atrações nacionais que não se enquadram exclusivamente no forró e ressaltou que o principal sentido da festa será manter as pessoas no autêntico forró.  

 

 

Camarotes

 

 

O prefeito fez questão de frisar, ainda, que os únicos camarotes presentes na festa serão para patrocinadores ou entidades. A Prefeitura irá montar o 'Camarote da Acessibilidade', para acolher deficientes. "Na gestão passada haviam camarotes pagos, mas isso desiguala as pessoas. O Poder Público não pode fazer festa desse tipo, em que umas pagam e outras entram de graça. Por isso, este ano será totalmente gratuito", declarou Edvaldo.