França recupera status de país livre da gripe aviária

Publicado em 09/09/2021 por Por Estadão Conteúdo

O Ministério da Agricultura e Alimentação da França informou que o país está oficialmente livre da gripe aviária. De acordo com as normas internacionais da Organização Mundial de Saúde Animal (OIE), a França está, desde a última quinta-feira, 2, “novamente livre da gripe aviária de alta patogenicidade”.

O anúncio marca o fim do surto que começou em novembro de 2020 no país. Desde então, cerca de 492 casos de influenza aviária altamente patogênica (H5N8) foram identificados em granjas em 15 departamentos franceses (divisões menores dentro das 18 regiões do país). A maior parte, 95%, concentrava-se em três departamentos no sudoeste francês: Landes, Gers e Pyrénées-Atlantique.

O Ministério enfatizou a “mobilização e comprometimento de todos os atores do setor”, lembrando que desde novembro de 2020, cerca de 3,5 milhões de aves, principalmente patos, foram abatidas. O fim oficial da epizootia permitirá a retomada das exportações. Apesar disso, a pasta pede vigilância nas próximas semanas e meses. Recentemente, autoridades de saúde belgas detectaram um caso de “gripe das aves” (HPAI H5N8).

O governo apresentou, no início de julho, um documento desenvolvido por especialistas com ações para melhorar a prevenção contra a introdução e propagação do vírus da gripe aviária, bem como a gestão em caso de crise. O governo quer se antecipar à chegada do outono, quando ocorre a migração de aves selvagens, hospedeiras do vírus