Funcionária de call center é morta com facadas e pancadas na cabeça

Publicado em 14/11/2017 por A Tarde - BA

Corpo de Daniela Bispo foi localizado na escada de emergência do edifício - Foto: Reprodução | Facebook
Corpo de Daniela Bispo foi localizado na escada de emergência do edifício
Reprodução | Facebook

A polícia identificou a mulher cujo corpo foi encontrado na manhã desta terça-feira, 14, no edifício Catabas Empresarial, na avenida Tancredo Neves, em Salvador. Daniela Bispo era funcionária da empresa Call Tecnologia, que presta serviços na área de Direitos Humanos. O corpo apresentava marcas de facadas e pancadas na cabeça. 

De acordo com a diretora do Sindicato dos Trabalhadores em Telecomunicações da Bahia (Sinttel), Edla Rios, a funcionária trabalhava com cerca de 20 pessoas no turno da noite, além de outras 380 que atuavam durante o dia. Nesta segunda-feira, 13, por volta de 18h, ela deixou o local para ir a uma farmácia e não retornou, causando preocupação nos colegas. 

Já na manhã desta terça,14, um funcionário do local seguiu um rastro de sangue no sexto andar do edifício e localizou o corpo de Daniela, que estava na escada de emergência do sexto andar. 

"Vamos cobrar da empresa mais segurança no local, porque os únicos vigilantes circulam apenas dentro do prédio, ou seja, qualquer pessoa pode passar pela portaria", enfatizou a diretora do sindicato.

Após o caso vir á tona, cerca de 20 funcionários passaram mal, e três deles foram atendidos pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Apesar disto, o expediente ainda não foi suspenso. 

Uma equipe do Departamento de Polícia Técnica (DPT) está no local, onde realiza a perícia. Policiais militares e civis também acompanham a situação. 

Crime aconteceu no edifício Catabas Empresarial, na região da Tancredo Neves (Foto: Luciano da Matta | Ag. A TARDE)