Governo faz força-tarefa para resgatar credibilidade da Rouanet, diz ministro

Publicado em 13/01/2018 por Folha de S. Paulo Online

A fila das prestações de contas da Lei Rouanet pendentes de avaliação pelo Ministério da Cultura começou a andar. No fim de 2015, o passivo era de 20 mil projetos. O número se manteve praticamente estável em 2016 e diminuiu para 17.500 no fim de 2017.

PARA TODOS
"Houve um esforço grande em 2017, com uma força-tarefa", afirma o ministro Sérgio Sá Leitão, no cargo desde julho. Parte dos projetos analisados no ano passado era de 2005. "Estamos enfrentando o deficit para resgatar a credibilidade da Rouanet. É algo que interessa a todo o setor cultural", diz ele.

PERDIDOS NO TEMPO
Das 2.390 prestações analisadas em 2017, 201 foram reprovadas. Produtores culturais reclamam das dificuldades criadas pela demora na checagem do governo, sobretudo a apresentação de documentos antigos, que podem até ter desbotado.

RÉGUA
Há também quem se queixe de que prestações de contas antigas estariam sendo examinadas conforme as regras atuais -o que, segundo o ministro, não deve ocorrer.

NA ESTRADA
Até 50 ônibus com militantes do PT e membros de movimentos sociais sairão de São Paulo rumo a Porto Alegre para os atos do julgamento do ex-presidente Lula. Pelo menos 30 estão garantidos até agora, segundo lideranças do partido. O trajeto de ida e volta de cada um custará R$ 15 mil, em média.

CHAPÉU
No esforço de arrecadar dinheiro para as caravanas e atos, o diretório municipal da sigla apela até para publicações patrocinadas na internet. Está pagando a redes sociais para posts com pedidos de ajuda terem alcance maior.

CHAPÉU 2
A vaquinha virtual criada pelo comando nacional do PT para a data registrava nesta sexta (12), segundo o próprio site, quase 700 doações. Na segunda (9), eram 422. Valores não são divulgados.

-

Reestreia da peça "Master Class"

NOITE DE ENCONTROS
A atriz Christiane Torloni estreou nova temporada da peça "Master Class", dirigida por José Possi Neto, na quinta (11), no Teatro Sérgio Cardoso. O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, sua mulher, Patrícia Kundrát, as cantoras Marina Lima, Zizi Possi, Luiza Possi e Julianne Daud, a bailarina Vera Lafer, os atores Eva Wilma e Miguel Falabella e o cineasta Guilherme Almeida Prado passaram por lá.

-

OUTRA FREQUÊNCIA
A Fapetec, que atualmente gere a TV Câmara, da Câmara Municipal de SP, pediu à Justiça a anulação do processo de contratação da Fundação Padre Anchieta (FPA), que assumirá a emissora. Segundo a Fapetec, houve "ilegalidades" e "vontade pré-ordenada da Câmara" na escolha da prestadora do serviço.

RUÍDO
Na ação iniciada na quinta-feira (11), a Fapetec cita irregularidades da Padre Anchieta (que administra a TV Cultura) com FGTS e INSS e descumprimento de encargos trabalhistas. E aponta que tais débitos impediriam o negócio.

RUÍDO 2
A FPA afirma estar "apta ao pleno e regular exercício de suas atividades, podendo contratar com entes públicos e privados". Segundo a Câmara, o processo, feito sem licitação, "seguiu todos os trâmites legais". O compromisso com a Fapetec termina neste domingo (14).

BIS
O Teatro Oficina fará uma nova temporada de "O Rei da Vela" a partir de 15 de fevereiro, no Teatro Sérgio Cardoso. Marcello Drummond, ator da companhia, assumirá o papel de Abelardo 1º, substituindo Renato Borghi -que estará comprometido com outra montagem. O espetáculo do Oficina foi visto por 8.400 pessoas em 11 sessões no Sesc Pinheiros, no ano passado.

A COR DESSA CIDADE
Uma exposição com obras de 18 artistas que será aberta no próximo dia 25, aniversário de São Paulo, quer recontar a história da cidade desde a influência indígena até a revolução tecnológica. Com pinturas, esculturas e fotos, "São Paulo em Cores" ficará em cartaz na Casa de Portugal. A curadoria é de Vera Simões.

-

CURTO-CIRCUITO

O Centro de Memória José Hamilton Ribeiro será inaugurado neste sábado (13) pela Prefeitura de Santa Rosa do Viterbo (SP). Às 10h, na Cadeia Velha (rua José Bonifácio, 51).

A exposição "Matriz do Tempo Real" abre neste sábado (13). Às 11h, no MAC USP.

O "Metrópolis" (TV Cultura) debate o assédio sexual na área do entretenimento com a psicanalista Maria Rita Kehl e a atriz Letícia Sabatella. Neste domingo (14), às 19h30.

com JOELMIR TAVARES (interino), BRUNA NARCIZO, BRUNO B. SORAGGI e JOÃO CARNEIRO