Mães retomam vida social em sessão de cinema especial para bebês

Publicado em 10/02/2020 por Gaby Comunicação

  Com agenda fixa, sessões especiais para mães, pais e acompanhantes com bebês de até 18 meses acontece toda terça-feira do mês em Shopping de Belém.

CineMaterna.jpg

Pipoca em uma mão e bebê na outra é uma cena comum nas sessões do Cinematerna, iniciativa de inclusão que oferece sessões de cinema para mães, pais e acompanhantes em um ambiente acolhedor para os bebês. A ONG está presente em várias cidades no Brasil e tem espaço garantido no Parque Shopping Belém. A próxima sessão será nesta terça-feira, 12, no Cinépolis do estabelecimento, com a exibição do filme “Frozen 2”.

As sessões acontecem uma vez ao mês durante o ano todo e oferece cortesias para as 10 primeiras mães com bebês de até 18 meses. Os filmes são escolhidos através de votação pelo site do Cinematerna, com o mesmo preço de uma sessão comum. Qualquer pessoa pode entrar na sessão, até expectadores sem bebês, assim, as mamães não precisam ir sozinhas.

A ceramista, Emily Rocha já foi três vezes com seu filho ao Cinematerna. Segundo ela, o projeto é maravilhoso e com uma boa estrutura. “É muito difícil ir ao cinema com um bebê, as pessoas se incomodam muito. O projeto te dá essa oportunidade de fazer algo que era tão comum, mas agora é tão difícil nessa nova fase, que é de ser mãe. Me senti muito acolhida pelas meninas do cinematerna, minha filha chorou algumas vezes, e tive a liberdade de andar livremente pela sala sem me sentir julgada pelas pessoas”, comemorou.

Thays Leitão, gerente do Parque Shopping Belém relata a satisfação de agregar um projeto de inclusão como o Cinematerna. “Como mulher posso garantir que um projeto como esse tem o poder de ajudar na autoestima de mães que precisam ser abraçadas pelos os ambiente sociais. E nós estamos de portas abertas para receber as mamães e seus bebês. Ficamos imensamente felizes de saber que uma sessão de cinema no nosso estabelecimento traga interação e satisfação”, declara. 

Ambiente próprio para bebês

Sala escura, som alto, frio, tudo que atrapalha a tranquilidade dos bebês não são problemas nas sessões do CineMaterna. Na sala, completamente ambientada, as mães e acompanhantes encontram um próprio da maternidade para deixar tudo o mais confortável possível. E se o bebê chorar? Também não tem problema, pois todos ali compartilham dos mesmos sentimentos da maternidade. 

O ar-condicionado é mais suave, o som mais baixo e ambiente fica levemente iluminado. Além disso, dentro das salas tem trocadores de fraldas e um tapete especial na primeira fila, principalmente para os bebês maiores, para quem quiser assistir no chão. Tudo isso para garantir que as mães possam se sentir à vontade e consigam desfrutar ao máximo o filme. 

De São Paulo para o Brasil

Em um grupo de discussão sobre parto humanizado e maternidade ativa pela internet, uma das mães contou da saudade de ir ao cinema depois do nascimento do primeiro filho. Foi assim que surgiu o Cinematerna, em São Paulo, no mês de fevereiro de 2008. 

As mães foram para as salas de Cinema e o sucesso da primeira expedição deu início a encontros semanais no cinema, seguidos de bate-papo num café, em meio à amamentação e trocas de fraldas. De São Paulo, o projeto já está em mais de 50 cidade do Brasil.

Segundo a idealizadora do projeto, Irene Nagashima, o Parque Shopping Belém é o apoiador do CineMaterna na cidade. “Ficamos muito felizes com a presença em Belém, pois nossa intenção é acolher e proporcionar momentos de lazer a cada vez mais mães e famílias Brasil afora. Nem em sonho imaginamos conseguir esta expansão territorial com mais de 50 cidades no Brasil e a longevidade de quase 12 anos. Como toda trajetória, tem seus altos e baixos, mas o resultado é mais que feliz”, pontua.

Ela disse ainda que o projeto preenche uma lacuna na sociedade, que é um olhar especial para as mulheres que acabaram de se tornar mães. De acordo com Nagashima, o puerpério é uma fase que passa rápido, mas que traz profundos impactos na vida de uma mulher. As mudanças são físicas e emocionais e ainda esbarram na reflexão profissional.

“Muitas passam por um estranhamento por não reconhecer a mulher que deu lugar à mãe, e isso pode ser bom e ruim, dependendo da perspectiva. Nosso objetivo é acolher as mães recém-nascidas neste turbilhão e permitir que ela retome sua vida de forma tranquila e segura”, concluí. 

 

Serviços

Cinematerna “Frozen 2”

Onde: Cinépolis Parque Shopping- 

Quando: 11 de fevereiro (Terça-feira)

Hora: 14h