MP investiga desvios de dinheiro na previdência de Jacuípe

Publicado em 12/07/2018 por Jornal Extra Alagoas

O Ministério Público de Alagoas (MP-AL) resolveu instaurar procedimento preparatório de inquérito civil público para apurar denúncia de que o presidente da Autarquia Previdenciária de Jacuípe (Jacuipeprev) estaria retendo indevidamente valores referentes ao desconto de empréstimos consignados de servidores do município sem repassá-los à instituição financeira credora.

Conforme publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) nesta quinta-feira, 12, será requisitado do superintendente Regional da Caixa Econômica Federal no Estado de Alagoas dados detalhados sobre os créditos decorrentes dos empréstimos consignados retidos e não repassados, bem como, o período em que se deu a omissão dos repasses. 

O promotor Adriano Jorge Correia de Barros Lima, da 2ª Promotoria de Justiça de Rio Largo, ainda irá pedir ao presidente do Jacuipeprev informações relativas aos últimos ocupantes do cargo de diretor da autarquia previdenciária, além de solicitar à autoridade policial da delegacia de polícia de Jacuípe a instauração de inquérito policial a fim de investigar provável prática do crime de peculato.