Com passagens por quatro clubes grandes, Fernandinho revela queda por um

Publicado em 12/07/2018 por Yahoo Brasil

​Se tem um jogador brasileiro realizado, por ter vestido a camisa de quatro clubes de massa do país, é o atacante Fernandinho. Por aqui, ele já defendeu o Grêmio, Flamengo, Atlético-MG e São Paulo. Atualmente no  Chongquing Lifan, da China, ele conta as particularidades de cada time que jogou, em uma entrevista exclusiva para a reportagem desta matéria.


Mesmo sem confirmar a torcida por um desses, ele não conseguiu esconder uma queda pelo Tricolor Gaúcho, onde conquistou a América. Quando questionado sobre esse amor pelo Imortal, ele disse: ''Se tornou mais especial sim, por tudo que vivi no clube. Além disso, 90% das pessoas que estão lá, são meus amigos'', disse ele, sem querer revelar para quem vai torcer no duelo da Copa do Brasil, entre Flamengo e Grêmio.


Para quem tem interesse em contratá-lo por agora, pode ''tirando o cavalinho da chuva''. Isso porque, ele não quer voltar para o Brasil neste momento.  Esses assuntos e outros, você confere na entrevista completa, que vem a seguir.


FernandinhoFernandinhoFernandinho






BATE BOLA:

Fabio Torres: Como está sua situação na China? Pretende voltar? 

Fernandinho: Tenho três anos de contrato ainda e espero cumprir. O que vai acontecer amanhã, eu não sei, mas meu objetivo é ficar. Ainda nem parei para pensar nisso ainda, estou muito focado aqui na China para conseguir nossos objetivos.


FernandinhoFernandinhoFernandinho


Fabio Torres: Quando voltar, tem alguma preferência, talvez um time que tenha mais gostado de jogar?


Fernandinho: Todos os times que joguei, eu gostei. Cada um tem uma história diferente. Eu sou um felizardo por ter jogado em clubes grandes e ter feito bons amigos, em um meio complicado.


FT: Mas e o Grêmio, onde você conquistou a Libertadores, não tem um espaço mais especial no seu coração?


FernandinhoFernandinhoFernandinho

Fernandinho: Se tornou mais especial sim, por tudo que vivi no clube. Além disso, 90% das pessoas que estão lá, são meus amigos. Agora na Libertadores é favoritíssimo, um timaço. Fora que é muito bem treinado pelo Renato.


FT: E sobre sua passagem no Rio de Janeiro, a torcida do Flamengo é diferente mesmo?


Fernandinho: É uma torcida muito apaixonada. Foi muito bacana jogar no Rio de Janeiro, fiz muitos amigos. Tive uma adaptação ótima por lá. Mas em questão de torcida, todas são diferentes. A do Grêmio e do Flamengo são incríveis. A do São Paulo, a do Atlético no seu estado, são impressionantes. Sou sortudo por ter pego torcidas de massa. Fico muito feliz por isso.

FT: Como é a sua vida na China?

Fernandinho: Moro numa cidade com 35 milhões de habitantes e as coisas andam. Mesmo com muitos carros na rua, o trânsito não para, tudo funciona. Os hospitais atendem todo mundo. O mais difícil aqui é a cultura mesmo, a língua que é muito complicada.  Fora isso, o fuso horário complica qualquer comunicação. Mas dá para se virar, mesmo com essas dificuldades.

FernandinhoFernandinhoFernandinho