Pesquisadores da Fiocruz Amazônia realizam estudos sobre arboviroses

Publicado em 29/05/2019 por EBC


Objetivo é identificar se há circulação de arbovírus e de outros vírus na cidade

Repórter Solimões recebeu o vice-diretor de Pesquisa da Fiocruz Amazônia, Felipe Naveca, para falar sobre uma pesquisa realizada na cidade de Tabatinga sobre arboviroses. O estudo é realizado em parceria com o Hospital Militar no município.

Ouça no player abaixo:


Felipe explicou que o objetivo é identificar se há circulação de arbovírus e de outros vírus na cidade.

Ele informou ainda que neste segundo semestre a Fiocruz vai promover um curso de vigilância em saúde nas fronteiras, voltado para profissionais de saúde, principalmente da atenção básica.

Também participou da entrevista o pesquisador da Fiocruz Amazônia José Cortez. Ele destacou o projeto desenvolvido na região sobre o controle de mosquitos com estações disseminadoras de larvicida.

Cortez disse que é preciso erradicar doenças como a dengue que, na fronteira, tem alto índice. Na cidade colombiana de Letícia, por exemplo, foram notificados cerca de 385 casos, com mais ou menos 85 confirmados. Já em Tabatinga, onde o projeto é desenvolvido desde o ano passado, os resultados são significativos, com 36 notificações e seis confirmados.