Polícia prende três suspeitos de explodir banco e carro-forte durante assaltos no Ceará

Publicado em 16/05/2018 por G1 Ceará

Quadrilha atacou o bando durante a madrugada. Prédio ficou destruído.  (Foto: Reprodução/TVM) Quadrilha atacou o bando durante a madrugada. Prédio ficou destruído.  (Foto: Reprodução/TVM)

Quadrilha atacou o bando durante a madrugada. Prédio ficou destruído. (Foto: Reprodução/TVM)

A Secretaria da Segurança Pública confirmou nesta quarta-feira (16) que a polícia prendeu dois homens suspeitos de explodir uma agência bancária na cidade de Piquet Carneiro, no Sertão Central, interior do Ceará. Dois fuzis foram aprendidos com a dupla.

O ataque ao banco ocorreu na madrugada do dia 10 de maio, quando criminosos invadiram o município, atiraram contra o destacamento policial e explodiram o estabelecimento. O prédio ficou destruído e, em seguida, a quadrilha fugiu.

De acordo com a SSPDS, a prisão ocorreu durante uma ação da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF), com apoio do Comando Tático Rural (Cotar) do Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque).

Carro-forte foi destruído durante assalto em Santa Quitéria, no Ceará. (Foto: Reprodução/TVM) Carro-forte foi destruído durante assalto em Santa Quitéria, no Ceará. (Foto: Reprodução/TVM)

Carro-forte foi destruído durante assalto em Santa Quitéria, no Ceará. (Foto: Reprodução/TVM)

Carro-forte

Além dos suspeitos de atacar o banco em Piquet Carneiro, a polícia prendeu um homem apontado com um dos autores do assalto a um carro-forte em Santa Quitéria, no dia 7 de maio.

O caro-forte foi interceptado por uma quadrilha no quilômetro 168 da rodovia CE-176. Os criminosos explodiram o veículo e roubaram o dinheiro transportado.

Conforme a SSPDS, os detalhes sobre as prisões dos assaltantes serão repassados durante coletiva de imprensa nesta quarta-feira.

Números

De acordo com o Sindicato dos Bancários, o Ceará registrou 18 ataques a estabelecimentos financeiros neste ano. Foram quatro carros-fortes atacados no ano.