Presidente de Honduras diz estar aberto para recontagem dos votos

Publicado em 07/12/2017 por Gazeta do Povo

O presidente de Honduras, Juan Orlando Hernandez, afirmou estar aberto para uma revisão na contagem dos votos da eleição presidencial, que ocorreu há uma semana no país. A disputa levou o país a uma crise política, em meio a alegações de fraudes na contagem, protestos e violência.  

Hernandez pediu que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) reexamine todos os votos das eleições do dia 26 de novembro, afirmando que "o povo merece respeito".  

David Matamoros, presidente do TSE, disse que o corpo de ministros está pronto para fazer uma recontagem do maior número de locais de votações que a oposição quiser, o que sugere que talvez não ocorra uma recontagem voto a voto.  

Salvador Nasralla, o candidato da oposição ordenou a recontagem de centenas de votos. Ele disse à Associated Press que a medida seria legal se o Congresso acatasse e a aprovasse.  

Oito governos latino-americanos, Argentina, Chile, Colômbia, Guatemala, México, Paraguai, Peru e Uruguai, elogiaram a posição de Honduras ao decidir pela recontagem dos votos.  

A última contagem dos votos mostrou que o atual presidente, Hernandez, teria vencido as eleições com 43%, ante 41,4% de Nasralla. Ambos candidatos declararam vitória mesmo antes da votação final. Diversos órgãos internacionais que acompanharam a contagem dos votos denunciaram irregularidades no processo. 

Com informações da Associated Press.


5 respostas para entender tudo sobre Jerusalém https://t.co/PA7zpDrvJZ

- Ideias (@ideias_gp) December 6, 2017