Suplementação mineral compõe 40% dos custos operacionais da pecuária

Publicado em 25/04/2019 por Canal Rural

De acordo com a Scot Consultoria, demanda do produto é maior no segundo semestre do ano, o que se reflete nos preços

A suplementação compõe cerca de 40% dos custos operacionais da pecuária, de acordo com a Scot Consultoria. Isso evidencia a importância do planejamento para a aquisição desses produtos. A partir da variação de preços entre 2008 e 2018 da cotação de suplemento mineral com 90 g de fósforo, a consultoria concluiu que na segunda metade do ano as cotações são maiores que no primeiro semestre. Isso ocorre por conta da oferta de forragem, que é maior no primeiro semestre, e menor na segunda metade do ano. “Com a maior capacidade de suporte das pastagens, parte dos pecuaristas reduz a quantidade de suplementação dos bovinos no primeiro semestre, com isso, dentro do ano, a demanda é maior no segundo semestre, o que repercute nas cotações do produto”, diz a analista Juliana Pila.