Todo complexo de Chicago fechou em queda

Publicado em 02/02/2019 por Massa News

Os futuros de todo o complexo de soja fecharam em queda na Bolsa de Chicago, nesta quinta-feira (31.01), sendo que a soja-grão fechou a sessão com a maioria dos contratos “de 5 a 5 3/4 centavos em território negativo”. Foi isso que informou o especialista Luiz Fernando Pacheco, analista da T&F Consultoria Agroeconômica em seu boletim informativo diário. 
“Os futuros de farelo caíram US $ 1,10 / tonelada e os de óleo de soja 25 pontos a menos.  Após o encontro de dois dias entre representantes comerciais dos EUA e da China, um funcionário da Casa Branca afirmou que a China se ofereceu para comprar 5 milhões de toneladas de soja dos EUA. Não se espera que seja uma compra única”, comenta ele. 
No entanto, Pacheco indicou também que as vendas semanais de exportação para a semana de 20 de dezembro ficaram em 2.391 milhões de toneladas, segundo o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA). “A maioria foi para a China, com 1,466 milhões de toneladas em vendas. As vendas de farelo de soja foram registradas em 427.410 toneladas naquela semana, com o óleo de soja em 13.661 toneladas”, disse o especialista. 
“As exportações brasileiras de janeiro foram estimadas em 2,3 milhões de toneladas de acordo com a ANEC, um aumento de 56% em relação ao ano passado. A safra de soja da Argentina é estimada em 49,5% de bom/excelente, mas a Bolsa de Cereais de Buenos Aires, relatou a produção 25% acima do ano passado, em 53 milhões de toneladas. Apesar da alta do óleo de soja em Chicago, o óleo de palma fechou em leve baixa, mesmo com a alta de 15% das exportações da Malásia em relação a dezembro último”, conclui. 
Fonte: Agrolink