Abrafrigo chama atenção do BNDES para setor

Publicado em 13/06/2017 por DCI

13/06/2017 - 05h00

Abrafrigo chama atenção do BNDES para setor

- A Associação Brasileira de Frigoríficos (Abrafrigo) quer maior atenção do governo para as pequenas e médias empresas do setor, principalmente, devido a necessidade de recursos para financiar o crescimento da atividade, segundo nota enviada a imprensa

"Certamente o vácuo que já começa a se abrir em função dos fatos políticos recentes, demandará das nossas empresas iniciativas para as quais serão necessários recursos de terceiros, especialmente de longo prazo", afirma a entidade, em comunicado.

A Abrafrigo encaminhou a direção do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) um pedido de reunião para tratar das mudanças recentes na cadeia produtiva da pecuária de corte, em função do impacto de operações da Polícia Federal no setor industrial - ainda altamente concentrada em grandes empresas em alguns estados brasileiros.

No documento, a entidade alerta que esta estrutura "mudará seu perfil nos próximos anos, tendo os pequenos e médios frigoríficos papel preponderante neste novo mapa estrutural que se prevê".

Perspectiva

Em nota, a Abrafrigo explica que existe uma perspectiva bastante positiva para o crescimento dos mercados interno e externo de frigoríficos brasileiros. "Antevemos um futuro com significativo potencial de consumo, o qual vai demandar elevados investimentos em capital fixo para aquisições, ampliações e construção de novas plantas frigoríficas", acrescenta a Abrafrigo, em comunicado.

Por fim, a associação destaca que apenas com investimentos de longo prazo os pequenos e médios frigoríficos terão condições de crescer e diversificar os negócios.

A Abrafrigo pretende ainda apresentar ao BNDES uma pauta de sugestões que leve em conta "os objetivos estratégicos do governo e as demandas do nosso setor". /Agências

Assuntos relacionados:

frigoríficos