Boca seca, palpitações e medo de ficar louco podem ser sinais de ansiedade

Publicado em 17/06/2017 por Portal R7

ansiedade
ansiedade Thinkstock

Uma das emoções mais comuns é a ansiedade. "Ansiedade é vida. Todo mundo tem ansiedade, uns mais outros menos", conforme explicou o psiquiatra Luiz Alberto Hetem, autor do livro A Grande Obra Como Identificar e o que Fazer com o orgulho, a inveja, a raiva e a culpa, durante bate-papo no R7.

"A ansiedade é definida como sendo sentimento desagradável, apesar daquela vontade que temos daquela coisa chegar rápido". Essa emoção se mostra por manifestações físicas e psicológicas: "boa seca, tensão muscular, palpitações, transpiração excessiva, tonturas e zumbidos".  Entre as psicológicas estão a apreensão, desassossego, medo de ficar louco, insônia, sensação de falta de dor, prejuízo de concentração.

Controle de ansiedade é perfeitamente possível de ser feita, mas existe uma técnica simples que é "respirar fundo, uma ou duas vezes". Na opinião do médico, o ansioso tem desempenho melhor, pois ele "se preocupa mais, se prepara mais para enfrentar o dia".

Emoções X sentimentos

Durante bate-papo, o especialista explicou que emoção é uma reação complexa a um estímulo para que haja resposta eficaz, adequada ao sistema, pode ser interno ou interno (lembrança) ativação mental, cerebral e faz isso se lembrar a comportamento que seja adequado aquele momento.  

De acordo dom Hetem, as emoções básicas são alegria, tristeza, raiva, medo, asco e surpresa. "Elas são muito comuns, são praticamente inerentes ao ser humano, explicou o especialista. "A medida que vamos evoluindo, crescendo e com o ganho de consciência de si mesmo, de cultura, de valores vão surgindo emoções mais complexas, com a orgulho, inveja, admiração, culpa, por exemplo".

A diferença entre sentimento e emoção é que a primeira é consciente. "Emoções acontecem em um plano inconsciente. "Quando a pessoas percebe o que está acontecendo, ela transformou a emoção em sentimento", diz Hetem.

Veja mais detalhes no vídeo a seguir: