Livro de José Ewerton recebe indicação de publicação nacional

Publicado em 17/06/2017 por O Estado do Maranhão

José Ewerton Neto teve livro recomendado por publicação nacional

SÃO LUÍS - O livro "O entrevistador de Lendas", do escritor José Ewerton Neto, foi indicado pela revista Conhecimento Prático Literatura para professores de todo o país. A publicação ressalta que a obra do maranhense traz informações sobre as mais belas lendas maranhenses, num formato lúdico e mágico, em ritmo de aventura e mistério e longe do didatismo preponderante na maioria dos livros sobre esse tema.

A revista Conhecimento Prático Literatura é a única de circulação nacional com foco em literatura para o aprendizado de professores e estudantes. A publicação é mensal e em cada edição há uma estante que sugere livros apropriados para leitura e ou divulgação nas salas de aula.

O livro "O entrevistador de lendas" é uma ficção científica na qual entrevistadores do futuro se propõem a uma viagem de aventura através dos tempos para desvendar o mundo das lendas. Na medida em que as lendas vão sendo entrevistadas, seu conteúdo mitológico é repassado naturalmente para os jovens.

Para José Ewerton, a indicação do livro por uma revista voltada a um público específico é de suma importância a partir do momento em que dá visibilidade à literatura produzida no Maranhão. "Meu interesse é que isso ajude de alguma forma e que chame a atenção para que o livro seja adotado também em algumas escolas maranhenses. Tenho a pretensão de achar que o livro se adequa de um jeito interessante para a exploração do conhecimento de nossas lendas", observa José Ewerton Neto.

Publicação

"O entrevistador de Lendas" foi publicado pela Academia Maranhense de Letras num programa editorial encampado pela sua diretoria em 2016, obtido pela Lei de Incentivo à Cultura, junto à Secretaria do Estado da Cultura em que foram publicadas reedições consagradas e obras inéditas como esta.

O livro foi classificado entre os quatro primeiros na categoria Novela, prêmio Graça Aranha, no último concurso da antiga Fundação Municipal de Cultura (Func), agora Secretaria Municipal de Cultura (Sectur), mas não alcançou o primeiro prêmio. O autor fez alterações no texto original e incluiu novos episódios envolvendo a Lenda do Rei Touro, que não constava do texto original.

Outras lendas tratadas no livro são a de Ana Jansen, João de Una, Serpente Encantada e Cavala Canga. Estas são as que o autor considerou mais ricas em representatividade histórica e conteúdo imaginativo, a ponto de serem incluídas em um formato de aventura e magia, que é próprio do prazer literário mais apreciado pelos jovens de hoje.

Jose Ewerton Neto é escritor maranhense, membro da Academia Maranhense de Letras e escreve na coluna de Opinião de O Estado. Tem vários livros premiados, alguns de circulação nacional como "O oficio de Matar Suicidas" e "O menino que via o Além" que, direcionado também à faixa de leitores adolescentes, foi republicado pela editora Escrituras, de São Paulo e teve uma edição de 15 mil exemplares adquirida pela Prefeitura de Belo Horizonte para compor a biblioteca das escolas públicas da capital mineira.

Entre seus projetos para este ano está o de publicar um livro de seus melhores contos, incluindo "O trem passa", que recebeu menção honrosa na edição 2016 do concurso Paulo Leminski, um dos mais concorridos concursos de contos inéditos do país. Nessa edição, que foi a de número 27 inscreveram-se 725 contistas de todo o país, mais 15 do exterior: Argentina, Canadá, França, Itália, Japão e Suíça.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.