O que o produtor pode fazer para evitar ou reduzir perdas no plantio de trigo?

Publicado em 17/06/2017 por Zero Hora

Responde: Eduardo Caierão, pesquisador da Embrapa Trigo

A semeadura é um momento decisivo para o bom estabelecimento do trigo no solo. O respeito às recomendações técnicas nessa fase é fundamental. A operação deve, primeiramente, ser realizada dentro do zoneamento agroclimático previsto para o cereal na região de interesse, garantindo menos riscos ao desenvolvimento da cultura, principalmente associados a geadas tardias de primavera.

Foto: Diogo Zanatta / Especial

O procedimento deve ser realizado em linha, preferencialmente, visando distribuição uniforme das sementes, melhor cobertura das mesmas com o solo e otimização na distribuição do adubo.

Leia mais:
Preço baixo do trigo faz área plantada cair pelo terceiro ano consecutivo no RS
Safra de inverno paralisada pelo excesso de chuva

A velocidade da operação deve ser de quatro a seis quilômetros por hora e a profundidade das sementes de dois a cinco centímetros. A densidade recomendada para trigo é de 300 a 330 sementes aptas por metro quadrado. A quantidade a ser utilizada vai depender do peso de mil sementes e do poder germinativo de cada cultivar.

Mande sua dúvida para campo@zerohora.com.br ou (51) 99667-4125         

Leia todas as notícias da série "Campo responde"