Toureiro morre após ter pulmão perfurado

Publicado em 18/06/2017 por Diário do Pará Online

O tradicional duelo espanhol entre touro e toureiro fez vencedor quem está acostumado a "perder" neste sábado. O toureiro Iván Fandiño, 36, morreu após ter tido seu pulmão perfurado por uma chifrada, durante uma tourada na cidade de Aire-sur-lAdour, perto da fronteira com a Espanha.

O premiado toureiro, que matou seu primeiro touro aos 14 anos, cometeu o erro de enrolar os seus pés em seu manto, se desequilibrando em seguida. Foi o suficiente para o animal dar o golpe fatal.

Fandino foi atingido pelo chifre do touro no pulmão quando estava no chão. O toureiro basco, da região de Bilbao, matou centenas de touros ao longo de seus mais de 20 anos de carreira. Somente em 2016, foram 34 touradas. Ele deixa uma mulher e uma filha.

"Quero transmitir minhas condolências à família de Iván Fandiño, assim como aos fãs e ao mundo das touradas em geral, aos quais me junto no sentimento pela triste perda deste jovem toureiro", lamentou o ministro da Educação, Cultura e Esporte da Espanha, Íñigo Méndez de Vigo.

Desde o século XX, um total de 138 profissionais que atuam nas touradas foram mortos por consequência de ferimentos sofridos nas arenas, segundo a agência de notícias EFE.

 

(Com informações de Extra)