Vandalismo em escolas é mais frequente nos fins de semana; saiba como denunciar

Publicado em 17/06/2017 por Gazeta do Povo

Mais do que descanso, feriados e finais de semana são sinônimos de preocupação para a Secretaria Municipal de Educação de Curitiba. São em períodos assim, de menor movimento na cidade, que a pasta registra mais casos de vandalismo nas escolas e Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs) da capital.

O problema levou a secretaria a começar uma campanha para incentivar a população a denunciar ocorrências do tipo nos bairros. O pedido da pasta é para que as pessoas que observarem ações suspeitas entrem em contato com a Guarda Municipal pelo telefone 153. Outra opção é ligar para a empresa de segurança G5, contratada para o serviço de monitoramento das unidades, pelo (41) 3045-7940.

A ideia é fazer com que a própria comunidade ajude a preservar as unidades de ensino, destacando que o vandalismo é crime. Assim, ao fazer a denúncia tão logo notem algo de estranho, os moradores ajudam a Guarda Municipal e as equipes de segurança a atuarem o quanto antes, minimizando prejuízos.

A preocupação é baseada em uma estatística alarmante. Somente nos cinco primeiros meses de 2017, foram 499 atos de vandalismo e furtos nas instituições de ensino municipais da capital. Isso representou um crescimento de 24,86% em relação ao mesmo período do ano passado. Entre as ocorrências mais recorrentes estão pichações e depredação de patrimônio, além de furtos de materiais e equipamentos.