Vou me dedicar ao povo, afirma novo arcebispo de Londrina

Publicado em 15/06/2017 por Folha de Londrina



"Recebi a notícia com alegria e apreensão ao mesmo tempo. Saio de uma diocese pequena para uma diocese grande", observa Dom Geremias


A Arquidiocese de Londrina anunciou nesta quarta-feira (14) o novo arcebispo. Dom Geremias Steinmetz assumirá no próximo dia 12 de agosto o lugar deixado por dom Orlando Brandes em novembro de 2016. A nomeação feita pelo papa Francisco foi anunciada pelo administrador apostólico da Arquidiocese de Londrina, dom Manoel João Francisco, e pelo padre Vandenir Araújo.

Dom Geremias está na sede episcopal de Paranavaí (Noroeste) desde 2011, quando foi nomeado pelo papa Bento 16. Aos 52 anos, é considerado um bispo jovem e dinâmico, preocupado com a formação de novos sacerdotes. "Recebi a notícia com alegria e apreensão ao mesmo tempo. Saio de uma diocese pequena como é Paranavaí, com 34 paróquias e 42 padres, para uma diocese grande, com 84 paróquias e 130 religiosos e diocesanos. Só isso já seria um impacto, mas também, por outro lado, tem as pastorais, os organismos e organizações que têm em Londrina e que aqui não temos, como por exemplo, a PUC (Pontifícia Universidade Católica)", disse o novo arcebispo. "Tenho uma grande preocupação por estar presente em seminários, escolas de diáconos, além, naturalmente, de que como bispo tenho que estar no meio do povo de Deus."

A proximidade com os fiéis, disse o padre, é a melhor parte. "Vou conhecer mais de perto o povo que vocês chamam de pé-vermelho, conhecer o espírito e a alma dessa gente toda. Assim como trabalhei muito em Paranavaí, vou me dedicar ao povo. Eu agora tomo a liberdade de dizer boas-vindas ao coração de Londrina."

O novo arcebispo nasceu em Sulina, no Sudoeste paranaense, em 26 de fevereiro de 1965. Seus pais, Carlos Nicolau e Ana Maria, tiveram 11 filhos, dois deles já falecidos. Ele ingressou no seminário em Palmas (Centro-Sul) e cursou a faculdade de Teologia em Florianópolis, onde foi aluno de dom Manoel João Francisco e de dom Orlando Brandes, seu "diretor espiritual". "Me sinto muito ligado a dom Orlando e dou graças a Deus por tê-lo na minha vida, no episcopado", disse.

Gina Mardones
Gina Mardones - Padre Vandenir Araújo e dom Manoel João Francisco: anúncio da nomeação feita pelo papa
Padre Vandenir Araújo e dom Manoel João Francisco: anúncio da nomeação feita pelo papa


Dom Geremias foi ordenado bispo em março de 2011, um mês antes de assumir a Diocese de Paranavaí. Mestre em Liturgia pelo Instituto Salmo Anselmo, em Roma, na Itália, já atuou como assessor diocesano das pastorais da Criança, da Liturgia e da Catequese e atualmente é membro da Comissão Episcopal Pastoral para a Liturgia da CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil), vice-presidente da regional Sul 2 da confederação e preside a Associação Paulo VI, que faz relação com a PUC.

O preparo para assumir a Arquidiocese de Londrina, afirmou ele, veio da sua experiência no trabalho dentro da Diocese de Francisco Beltrão-Palmas, na sua vivência como padre, professor, reitor de seminário, vigário geral e coordenador da ação evangelizadora em Paranavaí. "Isso tudo me preparou para receber agora o episcopado e assumir com relativa tranquilidade o trabalho em Londrina."

Dom Geremias será o quinto arcebispo de Londrina. Os primeiros foram dom Geraldo Fernandes, dom Geraldo Majella Agnelo, dom Albano Cavallin e dom Orlando Brandes.

MISSÕES POPULARES
"Ele terá 20 e poucos anos à frente da Arquidiocese de Londrina porque um bispo fica emérito aos 75 anos de idade. Então, poderá realizar um trabalho profícuo e fecundo na Arquidiocese. Poderá dinamizar bastante todo o trabalho pastoral", analisou dom Manoel. "O desafio dele é dar continuidade ao projeto das Santas Missões Populares, que é um projeto de organização pastoral fabuloso, e o 14º Interclesial, que complementa o trabalho das Santas Missões. Dom Geremias tem conhecimento e é entusiasmado com esses dois projetos, então só vai dar continuidade com a colaboração das lideranças", ressaltou.

Dom Manoel, que está há seis meses como administrador apostólico da Arquidiocese de Londrina, deverá retornar a sua função de bispo da Diocese de Cornélio Procópio (Norte Pioneiro) a partir de agosto, quando está prevista a chegada de dom Geremias a Londrina.